Jesse

Jesse

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

As desventuras em série do esquerdismo no Brasil: cobras corais.



Advertência:
Caro Leitor,

Se você esperava encontrar uma história tranquila e alegre, lamento dizer que escolheu o texto errado. A história pode parecer animadora no início, quando as crianças  Bonsbrasileiros passam o tempo em companhia de répteis interessantes, mas não se deixem enganar. Se você tem uma leve noção da incrível má sorte dos irmãos Bonsbrasileiros, já sabe que, no caso deles, até mesmo acontecimentos agradáveis acabam sempre em sofrimento e desgraça.

Infelizmente, é meu dever escrever sobre esse trágico episódio. Mas nada impede que você procure algo mais leve.

Respeitosamente,
Jesse Rodrigues.

EPISÓDIO 2 – COBRAS CORAIS

No episódio 1 mostrei como os Bonsbrasileiros ficaram órfãos sem saber. Essa orfandade foi planejada nos seus mínimos detalhes por uma ideia, o comunismo, elaborada no velho mundo. O velho mundo aqui é um termo utilizado para diferenciar às américas (o novo mundo) do restante do mundo.

Foi inoculado nos órfãos dois tipos de ideias venenosas:

1) Que os Bonsbrasileiros realmente eram órfãos, que seus defensores naturais, os militares, eram pessoas más, e eles, os comunistas que tentaram transformar, na bala, o Brasil no que é hoje a Venezuela, são os bonzinhos.

2) Que dividindo os brasileiros em polaridades: preto-branco, rico-pobre, homo-hetero, machismo-feminismo, opressor-oprimido, o país iria ser um lugar melhor, tipo a série The Gold Place da Netflix.

 Um dos animais que inoculam venenos nas pessoas são as cobras. Tudo indica que as cobras que envenenaram os Bonsbrasileiros  foram as Cobras Corais.

Estudos genéticos demonstraram que Cobras Corais originaram-se no velho mundo, mais especificamente na Ásia. Esse é o continente onde fica a Rússia, país onde primeiro a ideia comunista vez suas vítimas.

As Cobras Corais podem ser divididas em dois grandes grupos, as corais-venenosas e as corais não-venenosas.

As venenosas também são chamadas de Iboboca. Não se sabe se isso foi uma interjeição de um índio ao ver um desavisado se meter com uma coral venenosa pensando que era uma não-venenosa, e ao ser picado o índio disse: i-boboca, parece bem convincente, mas provavelmente esta história não aconteceu, mas poderia e acho que deve acontecer bastante em sentido figurado.

As Cobras Corais venenosas tem outra característica muito interessante, suas cores são vermelho e amarelo, isso, as cores do comunismo. As corais venenosas também são chamadas de corais verdadeiras, porque realmente elas tem veneno, enquanto as corais falsas apenas imitam suas formas e cores.

Animais são assim, imitam como instrumento de defesa. Já os comunistas imitam como instrumento de ataque. Foi assim que várias cobras corais verdadeiras da política fingem ser corais falsas, ou seja, dizem que não são comunistas para você não ter medo do veneno.

Para você diferenciar uma cobra coral animal falsa de uma verdadeira você precisa abrir a boca e olhar o interior, e analisar os detalhes das presas.

Com a cobra coral humana, o comunista, você precisa fazer algo semelhante, precisa olhar no interior das pessoas, o que elas praticam, o que elas acreditam, pois aquilo que ela acredita acaba fazendo.

Um exemplo que algumas pessoas podem ter assistido aconteceu no debate presidencial da Bandeirantes, onde é fácil identificar quem tem uma agenda comunista.

Agenda aqui é um termo que significa uma pauta, uma lista de ideias a serem implementadas, se você eleitor bonbrasileiro, com o seu voto, der a chave dos cofres a eles.

Para saber a agenda de qualquer pessoa basta você descobrir onde ela quer chegar, qual o destino final?

O destino final do comunismo é o poder total, a ditadura do proletariado.

A ditadura do proletariado é quando um só partido, o comunista, comanda tudo, as eleições são disfarçadas por meio dos votos apenas de quem é militante do partido e escolhido entre os militantes mais dedicados.

Os militantes mais dedicados são chamados líderes, e formam uma elite que terá todas as vantagens do poder, enquanto todo o resto do país só receberá o que o partido decidir. Receber o que? Tudo que você imaginar, por exemplo, na Venezuela você só compra a quantidade e o produto que o governo permite, sempre foi assim em todos os países comunistas.

Mas não é apenas isso. Os líderes são comandados por um grande líder, um Mao Tse Tung, um Lênin, um Stálin, um Hitler, um Mussolini, um Chaves, um Maduro, um Molusco, todos têm como característica comum  UMA IDÉIA, a manipulação da massa, do povo, para seus fins de chegar e jamais sair do poder.

Mas como se faz para um povo eleger uma ideia suicida dessas? Envenenando a mente desse povo.

Algumas cobras para engolirem suas vítimas utilizam a técnica de paralização da vítima, é um estado catatônico, parecido com as dos zumbis. Parte pode ser feita por meio de certa dose de veneno, parte a cobra enrola sua vítima.

A cobra política do comunismo age de forma semelhante, no envenenamento assim ocorre:

1)               Como eles nunca tiveram inseridos na sociedade brasileira, porque são de ideias do velho mundo, eles dividem os bonsbrasileiros e dizem que estão do lado do que eles dizem serem as vítimas.

 Apelam para a bondade dos corações, pois toda pessoa que teve uma formação tradicional, conservadora (que conserva tudo de bom que sempre deu certo) tem um coração bondoso e naturalmente temos pena de quem sofre e queremos ajudar (ROSSITER, 2016). Então os comunistas usam essa bondade como calcanhar de Aquiles, darão as primeiras esmolas enquanto o povo servir aos seus propósitos, depois que dominarem tudo como na Venezuela, o povo será descartável.

2)               Com as esmolas paralisam a vítima, ela terá sua vida estagnada esperando que as coisas lhe sejam dadas pelos governos comunistas. Mas serão chamados para defender “esses direitos” contra qualquer um que queira retirar os comunistas no voto.

Pois bem, no debate da Bandeirantes é fácil identificar os disfarces dos comunistas, é só pegar as falas em que eles dizem que vão aumentar as esmolas, que o povo é oprimido, que os malvados são os bancos (nunca os bancos foram tão malvados quanto no governo do molusco e da Dilma, pois o governo tem os instrumentos para melhorar a economia aumentando a competitividade e a baixa de juros).

Os discursos de Meirelles (ex-ministro do molusco), Marina (ex-ministra do molusco), Ciro (ex-ministro do molusco), Boulos (molusco com curso universitário), Alckmin (PSDB, gêmeo do PT), do PT são todos iguais: tornar cada vez mais o povo dependente de esmolas, prometer que vão resolver o problema da economia ao mesmo tempo dizendo que vão gastar mais ainda, é matemático, essa conta nunca vai fechar.

Ter uma economia quebrada é um pré-requisito para o comunismo chegar no poder e não sair mais, todos os países que se tornaram comunistas passaram por isso, e o exemplo mais próximo, no espaço e no tempo é o da Venezuela.

Não existe economia comunista, apenas eles disfarçam o uso da economia capitalista numa economia que o governo controla tudo, logo a propaganda anticapitalista é só propaganda, é só para criar na mente das pessoas um motivo para se revoltar e eles aproveitarem dessa raiva.

O que é mau sempre se alimenta das piores opções e expressões humanas.
  
Vejamos como funciona o veneno comunista na sua mente:

Conversando com sua mãe ou sua vó você descobrirá que não exista, no Brasil, uma guerra entre quem seria a favor ou contra o aborto, a favor ou contra uma dívida racial, a favor ou contra ideologia de gênero nas escolas, a favor ou contra doutrinação política nas escolas, a favor ou contra Deus.

Ou seja, não havia guerra entre irmãos brasileiros, é disso que o que é mau alimenta-se.

O comunismo para ser aceito criou a atmosfera de guerra e se disfarçou de bonzinho para escolher um lado e jogar irmão contra irmão.

As cobras comunistas conseguem hipnotizar as pessoas por causa de sua língua bífida. Bífida aqui significa que na ponta, a língua das cobras se bifurca, ou seja, divide-se em duas pontas.

Por uma ponta da língua ela fala para a maioria da população, que o comunista (petistas, socialistas e todos que vitimizam os outros) só quer o bem dos vitimizados, é o comunismo teórico.

Na outra ponta da língua,  a cobra comunista fala para seus seguidores, esbravejando que “Eu odeio a classe média”, que contradiz o discurso teórico de “paz e amor”, bem como na sua prática política faz exatamente o contrário do que prega, como demonstrado a seguir:

A mentira é como a sombra, desaparece diante da Luz da verdade.

Comunismo teórico 1: Defende os gays.

Comunismo prático 1: Cuba colocou os gays em trabalhos forçados (do jeito que os nazistas fizeram com os judeus) e os que sobraram expulsou do país. (Fontova,2009).

Comunismo teórico 2: Defende os negros.

Comunismo prático 2: Cuba é o país mais racista da América. (Moore, 2010) (CARVALHO,2001a).

Comunismo teórico 3: Defende os pobres.

Comunismo prático 3: Qualquer país comunista prova o contrário, mas basta comparar dois exemplos Venezuela e Romênia. (DOROBAT,2017)

Comunismo teórico 4: Defende as mulheres

Comunismo prático 4: China fuzila 40 mulheres por mês que se negam a abortar. www.olavodecarvalho.org/logica-da-canalhice  (CARVALHO,2001b).

Mas se quiser um exemplo a um palmo do seu nariz pode ver o caso da Maria do Rosário, comunista do PT (com o perdão do pleonasmo), que defendeu o ator petista que cuspiu na cara de uma mulher. https://www.youtube.com/watch?v=l2RedMAgjUU . Isso, essa mesma que defendeu o estuprador Champinha enquanto fazia o teatro provocativo para jogar alguma pecha em Bolsonaro, que estava defendo a mulher estuprada e morta, é muita inversão de discurso e de valores.

Comunismo teórico 5: Defende as crianças.

Comunismo prático 5: Leia: Erotização da infância e a pedofilia como estratégias da nova revolução marxista. http://www.puggina.org/artigo/outrosAutores/erotizacao-da-infancia-e-a-pedofilia-como-est/12037 .

A ONU está normalizando a pedofilia: o Deep State está livre para explorar seus filhos. http://tradutoresdedireita.org/a-onu-esta-normalizando-a-pedofilia-o-deep-state-esta-livre-para-explorar-seus-filhos/

A Revolução Sexual Sombria – A Pressão Para Legalizar a Pedofilia. http://tradutoresdedireita.org/a-revolucao-sexual-sombria-a-pressao-para-legalizar-a-pedofilia/

Uma saída contra todo esse veneno começa por parar de consumi-lo, comece  deixando de ouvir a CBN, telejornais, jornais e revistas físicas e digitais da grande mídia por um bom tempo, selecione uma quantidade mínima de notícias que você considere importante, na coluna direita do meu site www.opedagogo.com há uma lista de sites que podem suprimir essa necessidade sem hipnotizar você (coluna leitura e informação).

É possível que você já tenha percebido que o Brasil tornou-se uma grande sala dos répteis, uma sala cheia de cobras corais venenosas. Mas existem ainda outros animais perigosos no destino dos Bonsbrasileiros, como as sanguessugas que veremos no próximo episódio.


REFERÊNCIAS

CARVALHO, Olavo. O racismo aqui e em Cuba. http://www.olavodecarvalho.org/racismo-aqui-e-em-cuba/ . Rio de Janeiro, 2001a.

____ A lógica da canalhice. http://www.olavodecarvalho.org/logica-da-canalhice . Rio de Janeiro, 2001b.

DOROBAT, Carmen Elena. O último Natal da Romênia comunista. https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2267 . 2017.

FONTOVA, Humberto. O verdadeiro Che Guevara e os idiotas úteis que o idolatram. Editora É Realizações. São Paulo, 2009.

GORDON, Flávio. A corrupção da inteligência: intelectuais e poder no Brasil. Editora Record, Rio de Janeiro, 2017.

HODGES, Dave. A ONU está normalizando a pedofilia: o Deep State está livre para explorar seus filhos. http://tradutoresdedireita.org/a-onu-esta-normalizando-a-pedofilia-o-deep-state-esta-livre-para-explorar-seus-filhos/ . New York, NY, 2017.

LESTER, Duane. A Revolução Sexual Sombria – A Pressão Para Legalizar a Pedofilia. http://tradutoresdedireita.org/a-revolucao-sexual-sombria-a-pressao-para-legalizar-a-pedofilia/ . All American Blogger, 5 de Setembro de 2007.

MOORE, Carlos. O Marxismo e a questão racial – Karl Marx e Friedrich Engels frente ao racismo e à escravidão. Editora Nandyala, São Paulo, 2010.

PANNÉ, Jean-Louis ett alli. O livro negro do comunismo: crimes, terror e repressão. Bertrand Brasil, Rio de Janeiro, 1999.

ROSSITER, Lyle H. A mente esquerdista: as causas psicológicas da loucura política. Vide Editorial, Campinas, 2016.

SCHELB, Guilherme. Erotização da infância e a pedofilia como estratégias da nova revolução marxista. http://www.puggina.org/artigo/outrosAutores/erotizacao-da-infancia-e-a-pedofilia-como-est/12037 .  2018.

SNICKET, Lemony. Desventuras em série – Livro 2. A sala dos répteis. 1ª edição. São Paulo. Cia das Letras, 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário