Pular para o conteúdo principal

QUAL O TAMANHO DA INFLUÊNCIA DE OLAVO DE CARVALHO?

A Revista Digital CRUSOÉ, na edição desta semana, publicada hoje, sexta-feira, 8 de fevereiro,  em seu número 41, entrevistou o Deputado Federal pelo Rio de Janeiro Eduardo Bolsonaro, dentre as perguntas o repórter Igor Gadelha questionou:

Repórter Igor Gadelha: Qual o tamanho da influência de Olavo de Carvalho e de Steve Bannon, ex-estrategista de Donald Trump, sobre o seu mandato e sobre o governo?

Eduardo Bolsonaro: Olavo é o mentor intelectual da maioria dos conservadores no Brasil. O que  ele falava há 20, 30 anos está acontecendo. Muitos de seus alunos são prodígios. Um exemplo é o Nando Moura, que tem o maior canal youtube conservador do mundo. Ler Olavo e seguir seus conselhos significa saber o terreno em que você está pisando, conhecer o cenário e antever problemas. O Olavo abriu caminho para que hoje a direita dê seus primeiros passos na política, mas sua influência não é direta, ele não dá ordens e controla o movimento. É dá conselhos com o peso de Olavo de Carvalho, e eu acho melhor ouvi-los. São extremamente úteis e necessários. É um privilégio  ter alguém com sua experiência, que tenha lecionado, lido e escrito tantos livros, e de maneira voluntária oriente um movimento espontâneo. Seu estilo pode ser por vezes  ríspido, mas particularmente sempre preferi  os professores mais rigorosos. Você aprende mais. Passar de ano levando nas coxas acaba fabricando uma geração de fracos. Já o Steve Bannon eu conheço há menos tempo, mas logo na primeira impressão, ao ver que ele sofria  os mesmos ataques que nós, Bolsonaros, com todos aqueles rótulos odiosos, eu pensei: "Esse cara incomoda a esquerdalha, deve ser bom". Rapidamente percebi  que a intenção dele é a mesma que a nossa, de construir um movimento duradouro, formado por pessoas, esclarecidas para barrar essa onda nefasta do politicamente correto, inversão de valores e destruição dos valores ocidentais. Tenho admiração por ele e certamente juntos ainda faremos muito. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UM ORGULHO DE PRIMEIRA DAMA.

O CÂNCER COMUNISTA NAS ELEIÇÕES – DIVIDINDO-SE E CONQUISTANDO.

O discurso de coitadinhos da esquerda brasileira é só isso mesmo, discurso. Toda esquerda brasileira são células proveniente de uma célula-tronco só, o comunismo.
A metodologia de classificação, aqui utilizada, do termo comunista, é que se o partido defende pelo menos 1 item da agenda Globalista da ONU ele é comunista. E pelo menos 1 item é comum a todos os partidos aqui considerados comunistas/globalista a agenda LGBTI+ (ou o Kit-Gay como é melhor compreendido popularmente).
Como pode-se ver nos dados abaixo, temos em resumo:
Em 4 Estados possuem apenas 3 opções NÃO-COMUNISTAS: Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe.

Em 3 Estados possuem apenas duas opções NÃO-COMUNISTAS: Paraná, Rondônia e Santa Catarina.
Em 15 Estados só existe uma única opção NÃO-COMUNISTA: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, DF, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, rio Grande do Norte e Tocantins. A maioria são do Partido de Bolsonaro ou coligado.
Em 5 Estados 100% dos partidos…

As desventuras em série do esquerdismo no Brasil: o Inferno no Interior das Escolas.

Advertência: Caro Leitor,
Se você está em busca de uma história sobre jovens animados que se divertem a valer numa escola, bateu na porta errada. Violada, Olavo e Suandy Bonsbrasileiros são inteligentes e engenhosos, e você talvez imagine que eles se sairiam muito bem no colégio. Mas não foi o caso. Para os Bonsbrasileiros, o colégio veio a ser mais um desastroso episódio em suas vidas infelizes. Para dizer a verdade, neste episódio, eles enfrentam  o Kit Gay, o elo com a pedofilia, o ataque aos católicos, aos evangélicos, o ataque à Deus e à família.
É minha solene obrigação passar a noite inteira pesquisando e escrevendo a história dessas três crianças. Quanto a você, entretanto, nada impede que se entregue a momentos mais tranquilos. Para conseguir isso, eu sugeriria: escolha outra leitura.

Respeitosamente, Jesse Rodrigues.
Episódio 5: O inferno no interior das escolas.
No episódio 4 mostrei como os Bonsbrasileiros estão sendo governados pelo Baixo Astral, mostrei que do 1º ao 5º Círculo…