Pular para o conteúdo principal

Tempo de Ser

Os filósofos gregos criavam palavras a partir de conceitos que desenvolviam, assim refletindo sobre o Tempo eles chegaram a conclusão que haviam pelo menos três qualidades ou espécies: o primeiro é Aion (que no latim ficou Aeon, Éon) que significa unidade de eternidades, o que torna inteligível à mente humana à frase: "E passaram-se muitos eons." , ou seja, é um padrão de tempo muito longo que nós não conseguimos mensurar e nem imaginar. O segundo é Kairós, que significa a qualidade do tempo certo, da oportunidade, que nos indica que existe uma qualidade no tempo que encerra-se em si mesma, surgiu e desapareceu, da mesma forma, nas mesmas circunstâncias e na mesma conjuntura, aquele tempo, aquele momentum nunca mais se repetirá. O terceiro é Chronos, o tempo mensurável pelos sentidos objetivos, é sequencial, contínuo.
Da mesma forma os filósofos procuraram unificar numa única palavra o sentido do conjunto de fatores humanos, sociais, culturais, civilizatórios que permeiam e impulsionam a evolução do Ser Humano, é a Paidéia.
A junção desses dois conceitos forma um terceiro que parece se adequar à conjuntura atual, estamos num momentum especial, em que podemos chegar a forma a Noosfera, no conceito de Theilard Chardin, até sermos capazes de produzirmos a Ecosfera (essa esfera tem um conceito desenvolvido por mim que explorarei em outro artigo), ou seja, estamos num momento de crise de paradigma em que temos que tomar consciência de forma coletiva de que devemos mudar nosso modo de vida. Ou evoluímos ou nos auto extinguimos. É Tempo de Ser ou de não-ser.

Comentários

  1. Taí, gostei! Bem interessante, continue escrevendo que continuarei lendo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

UM ORGULHO DE PRIMEIRA DAMA.

O CÂNCER COMUNISTA NAS ELEIÇÕES – DIVIDINDO-SE E CONQUISTANDO.

O discurso de coitadinhos da esquerda brasileira é só isso mesmo, discurso. Toda esquerda brasileira são células proveniente de uma célula-tronco só, o comunismo.
A metodologia de classificação, aqui utilizada, do termo comunista, é que se o partido defende pelo menos 1 item da agenda Globalista da ONU ele é comunista. E pelo menos 1 item é comum a todos os partidos aqui considerados comunistas/globalista a agenda LGBTI+ (ou o Kit-Gay como é melhor compreendido popularmente).
Como pode-se ver nos dados abaixo, temos em resumo:
Em 4 Estados possuem apenas 3 opções NÃO-COMUNISTAS: Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe.

Em 3 Estados possuem apenas duas opções NÃO-COMUNISTAS: Paraná, Rondônia e Santa Catarina.
Em 15 Estados só existe uma única opção NÃO-COMUNISTA: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, DF, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, rio Grande do Norte e Tocantins. A maioria são do Partido de Bolsonaro ou coligado.
Em 5 Estados 100% dos partidos…

As desventuras em série do esquerdismo no Brasil: o Inferno no Interior das Escolas.

Advertência: Caro Leitor,
Se você está em busca de uma história sobre jovens animados que se divertem a valer numa escola, bateu na porta errada. Violada, Olavo e Suandy Bonsbrasileiros são inteligentes e engenhosos, e você talvez imagine que eles se sairiam muito bem no colégio. Mas não foi o caso. Para os Bonsbrasileiros, o colégio veio a ser mais um desastroso episódio em suas vidas infelizes. Para dizer a verdade, neste episódio, eles enfrentam  o Kit Gay, o elo com a pedofilia, o ataque aos católicos, aos evangélicos, o ataque à Deus e à família.
É minha solene obrigação passar a noite inteira pesquisando e escrevendo a história dessas três crianças. Quanto a você, entretanto, nada impede que se entregue a momentos mais tranquilos. Para conseguir isso, eu sugeriria: escolha outra leitura.

Respeitosamente, Jesse Rodrigues.
Episódio 5: O inferno no interior das escolas.
No episódio 4 mostrei como os Bonsbrasileiros estão sendo governados pelo Baixo Astral, mostrei que do 1º ao 5º Círculo…